Notícias/  Economia

Sefaz e PGE se reorganizam para priorizar contribuinte

O objetivo é melhorar o atendimento ao cliente

Da Assessoria/Sefaz MT

03/07/15 às 21:42

Imprimir Enviar para um amigo
A Secretaria de Fazenda do Mato Grosso (Sefaz-MT) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE) continuam no processo de integração, que teve início em maio, e alinham o atendimento aos clientes. Neste intuito, os serviços das gerências de Protocolo da PGE e de Protocolo, Arquivos e Documentos da Sefaz (GPAD) são realizados na Agência Fazendária de Cuiabá (Agenfa CBA) desde segunda-feira (29.06). 

Os horários também estão sendo alinhados, pois a GPAD tem seu atendimento no período das 8h às 18h, quando são protocolados os ofícios e requerimentos de outras secretarias. Os processos tributários são feitos online no Portal da Sefaz. 

Das 12h às 18h a Gerência de Protocolo da PGE contempla os atendimentos de protocolo de certidões da dívida ativa, bem como requerimento e entrega de certidões negativas; protocolo de processos de compensação; atendimento ao contribuinte, com informação sobre débitos, negociação e requerimentos de cópia de processos administrativos que deram origem ao débito inscrito em dívida ativa. No local, a PGE realiza os atendimentos também das Sub-Procuradorias Fiscal e de Precatórios. 

O secretário-adjunto de Atendimento ao Contribuinte da Sefaz-MT (SAAC), Carlos Daniel Oliveira Barão, explica que o alinhamento entre as equipes se dá de forma natural, cada uma com seus espaços já definidos, mantendo a harmonia no atendimento e prestação de serviços. 

"Esta junção da Sefaz com a PGE contempla um melhor suporte aos colaboradores, pois podemos oferecer um atendimento mais adequado, ampliado, onde é possível ao contribuinte solucionar pendências nos dois órgãos em um só local. Isso torna nosso atendimento mais eficiente, pois a prioridade ao cliente é uma determinação de nosso secretário Paulo Brustolin", conclui o adjunto.
Imprimir Enviar para um amigo

0  comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Nova Edição. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Nova Edição poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet