Notícias/  Cidades

Um dos quadrigêmeos que nasceram prematuros não resiste e morre

Da Redação - G1 Mato Grosso

12/03/18 às 13:22 / Atualizada: 12/03/18 às 13:40

Imprimir Enviar para um amigo
Um dos quadrigêmeos que nasceram prematuros não resiste e morre

Laura Cristini e Fabiano Espíndola, na sala de parto à espera dos bebês, na sexta-feira (2)

Foto: Reprodução - Facebook

Um dos quadrigêmeos que nasceram prematuros no último dia 2, no hospital Santo Antônio, em Sinop, não resistiu e faleceu no sábado (10) devido a uma infecção nos rins, que normalmente atinge recém-nascidos de forma prematura. 

Pedro era o menor dos bebês,e tinha nascido com apenas 780 gramas. Os outros três, Arthur, Matheus, Miguel seguem internados na UTI Neonatal e estão com sondas, contudo, a previsão é que nesta terça-feira (13), eles já se alimentem de forma natural.

Os meninos nasceram com 29 semanas por meio de uma cesariana. Arthur com 1,150 kg, Matheus com 855g e Miguel com 815g.

Laura Cristine, mãe dos pequenos, havia recebido alto no dia 4 e desde então estava em repouso na sua residência.  Ela é casada com Fabiano da Silva e já é mãe de 2 meninas: Ana Clara de 6 anos e Ana Julia de 3. Ela ainda ajuda o marido a criar o filho mais velho dele, Fabio, de 16 anos.
Imprimir Enviar para um amigo

0  comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Nova Edição. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Nova Edição poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet