Notícias/  Hora Extra

Prisões e viagem cancelada

Os mandados são cumpridos pela Polícia Civil, que integra a estrutura do governo e, nessa operação, conduziu para cadeia até delegado e coronéis

Rd news

27/09/17 às 09:21 / Atualizada: 27/09/17 às 19:18

Imprimir Enviar para um amigo
O governador Taques estava pronto para viajar a Brasília quando foi informado sobre a prisão de parte de integrantes do núcleo duro do seu governo. E, impactado com a notícia, cancelou a agenda na Capital Federal. Foram presos o secretário Siqueira (Justiça), Rogers, afastado do comando da Segurança, Paulo Taques, primo do governador e ex-secretário da Casa Civil, e Lesco, ex-Casa Militar e que já estava preso e agora é atingido com nova decisão. Todos os oito mandados de prisão foram expedidos pelo desembargador Perri no caso dos grampos ilegais. Os mandados são cumpridos pela Polícia Civil, que integra a estrutura do governo e, nessa operação, conduziu para cadeia até delegado e coronéis. O corregedor-geral da PM, coronel Carlos Eduardo Pinheiro, tambem foi alvo, mas de condução coercitiva.
Imprimir Enviar para um amigo

0  comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Nova Edição. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Nova Edição poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
 
Sitevip Internet