Notícias/  Política

Blairo nega suborno a ex-secretário de R$ 6 mi e chama ex-governador de mentiroso

Rd news

12/08/17 às 15:21

Imprimir Enviar para um amigo
Blairo nega suborno a ex-secretário de R$ 6 mi e chama ex-governador de mentiroso

Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Blairo Maggi (PP)

Foto: Gilberto Leite

Mentirosa, leviana e criminosa. É assim que o ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP) classifica o conteúdo da delação “bomba” do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) que veio à tona nesta sexta (11) pelo Jornal Nacional (TV Globo).

Nessa linha, Blairo nega veementemente que teria subornado o ex-secretário de Estado Eder Moraes para retirar acusações sobre seu envolvimento no esquema para compra de vaga no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Silval garante que Eder revelou o envolvimento de Blairo no esquema para compra de vaga no TCE em depoimento prestado ao Ministério Público Estadual (MPE) em março de 2014. Em seguida, teria cobrado R$ 12 milhões para mudar o conteúdo das declarações. Só que Blairo e Silval pediram um desconto e o valor da chantagem foi reduzido para R$ 6 milhões. Deste total, R$ 3 milhões teriam sido repassados por Blairo por intermédio do empresário Gustavo Capilé.

Os outros R$ 3 milhões teriam sido pagos por Silval através do ex-chefe de gabinete Silvio Corrêa, que repassou parte em dinheiro e quitou uma dívida no valor de R$ 800 mil. “Nunca houve ação, minha ou por mim autorizada, para agir de forma ilícita dentro das ações de governo ou para obstruir a Justiça. Jamais vou aceitar qualquer ação para que haja 'mudanças de versões' em depoimentos de investigados”, disse Blairo em nota disparada após a reportagem ir ao ar.

Em outro trecho da nota, o progressista afirma que não houve pagamentos feitos ou autorizados por ele, ao então secretário Eder Moraes, para acobertar qualquer ato e chama o peemedebista de mentiroso. “Silva Barbosa mentiu ao afirmar que fiz tais pagamentos em dinheiro ao Eder Moraes. Jamais utilizei de meios ilícitos na minha vida pública ou nas minhas empresas”, reforçou.

Desse modo, Blairo lamenta ser alvo de ataques a sua reputação, mas pondera que mantém consciência tranquila quanto às suas ações e assim que tiver acesso ao teor da possível delação, usará de todos os meios legais necessários para defender-se.
Imprimir Enviar para um amigo

0  comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Nova Edição. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Nova Edição poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
 
Sitevip Internet