Notícias/  Polícia

Mais um integrante de quadrilha morre em confronto com polícia, suspeito estava em Goiás

Da Redação - Anderson Hentges

17/05/17 às 18:20 / Atualizada: 17/05/17 às 18:27

Imprimir Enviar para um amigo
Mais um integrante de quadrilha morre em confronto com polícia, suspeito estava em Goiás

Este é o terceiro integrante a quadrilha que morre em confronto com polícia.

Foto: PM-MT

Um homem identificado como Adriano Gomes Costa, de 47 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (17), em uma troca de tiros com a polícia de Goiás, ao tentar passar por um bloqueio armado na divisa de Mato Grosso e o Estado goiano. Ele é suspeito de integrar uma quadrilha que assalta bancos.

Adriano conseguiu passar bela barreira e chegou até Campinorte (GO), onde aconteceu o confronto. Ele estava armado com uma espingarda calibre 12 e, uma pistola calibre 9. O suspeito reagiu a abordagem e neste momento ocorreu o tiroteio.

Ele é o terceiro suspeito morto nesta ação. Marconi Souza Santos, que era um dos integrantes do grupo também morreu após ser atingido durante a troca de tiros que ocorreu no sábado (13). Na ocasião o PM Scheifer foi baleado no abdômen e faleceu. Ele foi encaminhado ao hospital de Matupá, mas não resistiu e morreu.

Na tarde desta segunda-feira (15), Eronildes Alves de Souza, 47 anos, também morreu durante troca de tiros com policiais em uma região de mata na BR-080, próximo a Peixoto de Azevedo. Mais conhecido como Galego do Santa Luzia ele disputou as eleições de 2008 como candidato a vereador pelo PMDB em Utinga (BA).

Até agora foram presos Agnailton Souza dos Santos, de 46 anos, Edmundo Souza dos Santos, 31 e Jeferson Lopes dos Reis, de 19. Além disso a polícia apreendeu vários mantimentos.

Cerca de 140 agentes trabalham na captura dos outros dois integrantes da quadrilha ainda estão foragidos na mata.

O caso
Após três meses de investigação, a quadrilha foi identificada e na sexta-feira (12) houve a primeira troca de tiros. No sábado, uma equipe da polícia identificou que um dos suspeitos estava em um posto de combustível e comprava gasolina, lá ele foi abordado e informou onde outros três integrantes estavam. 
Imprimir Enviar para um amigo

0  comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Nova Edição. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Nova Edição poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
 
Sitevip Internet