Entrevistas

Com sintomas semelhantes, doenças respiratórias confundem pacientes

19/12/17 às 17:24

Enviar para um amigo
Com sintomas semelhantes, doenças respiratórias confundem pacientes
É habitual que ao falar de doenças que afetem o sistema respiratório, causando obstrução nasal, existam dúvidas e até confusões. Há quem classifique rinite, sinusite e até gripe como um único problema, confundindo os sintomas. Para facilitar a compreensão dos pacientes, o otorrinolaringologista André Jorge de Oliveira tira dúvidas e desfaz alguns mitos.  
 
A obstrução nasal dificulta diretamente a qualidade de vida do paciente. Quais são as doenças mais frequentes que causam esse problema?

Quando não está relacionada a distúrbios estruturais, como desvio do septo ou a presença de pólipos no nariz, a obstrução nasal é na verdade um sintoma de algumas doenças, entre as mais frequentes gripe, sinusite e rinite. De forma geral, quando a causa é uma alteração por vírus, o incômodo é passageiro.
 
Há quem confunda e até misture as doenças. Como podemos diferenciar os sintomas de gripe, rinite e sinusite?


A Rinite e a Gripe possuem sintomas muito parecidos, é muito fácil confundi-los. Podemos destacar como sintomas das duas: obstrução e secreção nasal. Além disso podemos acrescentar a coceira no nariz e espirros, que são mais frequentes na Rinite, mas devido ao incomodo nasal da obstrução também podem ocorrer na gripe. O que de fato os diferencia é a causa, a gripe é causada por vírus e a rinite por alergia, sendo assim na primeira o corpo todo sofre com dores e mal estar.

Já a Sinusite é mais fácil diferenciar. O paciente tem dor, secreção mais espessa, dores na face, sensação de pressão nos dentes, uma obstrução nasal muito maior e, muitas vezes, febre.

A rinite é exclusivamente alérgica?

Não. A rinite é uma inflamação da mucosa do nariz e pode ter várias causas. Um resfriado, por exemplo, não deixa de ser uma rinite, do tipo infecciosa.

A Sinusite é alvo de frequentes dúvidas. Qual sua causa e como ela ocorre?

Sinusite vem de Sinus, que são os Seios paranasais. A doença consiste na obstrução das ligações dos seios da face com o nariz, seja por infecção ou por anomalias anatômicas.
Ela pode ser causada por bactérias, fungos ou alergia. A mais frequente, aquela que dói quando abaixa a cabeça, é causada por infecção bacteriana.

Existem diferenças entre os quadros da doença?

Para o paciente, tudo é muito parecido, afinal ele acaba tentando se conformar com a doença. Mas existem dois tipos de Sinusite, a aguda de repetição e a Crônica. Se a doença surge com frequência, mas melhora, ela é Sinusite aguda de repetição. Isso significa que o mal não foi bem tratado ou que a doença retornou devido a uma fragilidade ou deficiência anatômica. Já na sinusite crônica, o paciente sente que os sintomas diminuem de intensidade, mas não somem, passando de quatro semanas.

Há quem diga que a Sinusite não tem cura. É verdade?

É mito. Existe uma divulgação muito grande sobre as doenças crônicas não terem cura, isso associa-se a doenças sistêmicas como hipertensão e diabetes. Com esse pensamento, o paciente deixa de procurar tratamento. E na verdade ninguém deve sofrer. É preciso buscar ajuda e descobrir o que está causando o problema. Muitas vezes a pessoa possui um cisto ou edema de mucosa, que são facilmente resolvidas com intervenção.

Em alguns casos a cirurgia é indicada, principalmente em diagnósticos de sinusite crônica. Ela melhora a drenagem dos seios da face. Mas tratamento clínico geralmente é o mais indicado.

E no que diz respeito a Gripe, ela é causada por vírus, mas existe uma associação direta com tomar banho de chuva. Por que isso ocorre?

As pessoas precisam entender que tomar banho de chuva não é o problema, mas sim a fragilidade do organismo, com alterações que podem levar a baixa imunidade.

Por exemplo, o paciente entra em uma dieta desregrada, sem acompanhamento e não ingere os nutrientes necessários para o corpo se manter forte. Isso faz com que a imunidade diminua. Então, ele está com o corpo quente, após uma atividade física, e toma uma chuva. Esse choque térmico, aliado a baixa imunidade, facilita o ataque dos vírus. 
 
 
Sitevip Internet